segunda-feira, 14 de maio de 2018

[Mergulhei Fundo] - Corações femininos #Encontros


Título: Corações femininos #Encontros
Editora: (independente)
Ano: 2017
Nº de páginas: 68
*e-book enviado pela autora



Corações femininos #Encontros é composto por 12 histórias reais e imaginárias de mulheres “comuns” em diferentes situações e fases da vida. O uso das aspas é porque as personagens do livro de Rosângela R. Seixas são tão admiráveis que eu acho até um tanto ofensivo me referir a elas com essa palavra.

“Trabalho numa loja de roupas no centro da cidade. O pessoal é legal, o serviço é cansativo no físico, e me toma a mente o dia todo.”.

O trecho acima foi retirado de Priscila, a primeira história da coletânea. A personagem é uma mulher forte, que amadureceu cedo e virou a mãezona dos dois irmãos mais novos. Apesar dos perrengues financeiros, ela não abre mão de sua formação. Quer concluir sua faculdade de Direito e espera que seus irmãos também ingressem no ensino superior, assim que descobrirem a vocação deles.

“Mas, enfim, não posso mais me afundar no meu casulo, mesmo porque cresci, engordei e não caibo mais nele. Que pena que não existam mais casulos do meu tamanho.”.

A personagem de O casulo representa as pessoas que já sofreram muito e só gostariam de se recolher um pouco em algum lugar para se proteger das dores. A vida prega cada peça que até os mais fortes fraquejam, mas é a capacidade de levantar depois da queda que nos faz crescer e evoluir. Algumas feridas cicatrizam, outras não. E o jogo segue!

A história seguinte transmite justamente essa mensagem. Com a família desestruturada, Fátima poderia ter se perdido na vida. No entanto, ela aproveitou a oportunidade que foi colocada em suas mãos e deu a volta por cima. Com 50 e poucos anos, trabalha de domingo a domingo, tira tempo para o forró e pretende conquistar seu lugar na política. Eu votaria nela.

“Eu me nego a chorar. Nego-me a sair gritando pela rua, se bem que é essa minha vontade. Eu sei que de nada vai adiantar, a não ser comunicar a toda a vizinhança que estou pior do que eles supõem.”.

Uma coisa marcante da maioria das histórias de Corações femininos #Encontros é a esperança. Muitas das personagens se agarram a Deus para conseguirem vencer suas batalhas diárias. É o caso da mulher de fé que recebe Um milagre na hora do sufoco. Com as vendas de doces, ela só ganhava R$ 15,00 por dia, o que não dava para alimentar direito os cinco filhos e pagar o aluguel de R$ 80,00. Mas as preces dela foram ouvidas!

A obra de Rosângela R. Seixas fala essencialmente de amor, mas quase sempre entre mães e filhos ou entre irmãos. Alma gêmea e Presente de Deus são dois exemplos que fogem dessa linha. A primeira traz a história de uma mulher que acredita existir alguém “pronto” para ela. E a segunda entra numa polêmica que vocês só descobrirão qual é se lerem o livro.

A autora, que é parceira aqui do blog, disse que Corações femininos #Encontros terá continuação — e eu espero que saia em breve. E vocês?

2 comentários:

  1. Que bacana Ygo, você conseguiu entender direitinho cada sentimento e cada personagem. Muito obrigada pela leitura e pela linda resenha ♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um prazer, Rosângela.
      Fico feliz que você tenha gostado do post. Obrigado!

      Excluir

AGORA QUE VOCÊ JÁ MERGULHOU NA LEITURA, DEIXE O SEU COMENTÁRIO. ELE É MUITO IMPORTANTE PARA O CRESCIMENTO DO BLOG. OBRIGADO!!!

Obs.: comentários ofensivos serão deletados.