quarta-feira, 8 de julho de 2015

[Divulgação] - Cidade Banida

Olá, mergulhadores!

Hoje eu venho divulgar o livro Cidade Banida, novo trabalho do autor parceiro Ricardo Ragazzo.

Título: Cidade Banida

Autor: Ricardo Ragazzo

Editora: Planeta

Ano: 2015

Nº de páginas: 384


Sinopse...

No futuro, a Terra foi assolada por inúmeras guerras, o que dizimou 99% da população humana e transformou sua vida animal e vegetal. Boa parte dos seres humanos acabou confinada dentro dos muros de Prima Capitale, regida pelas draconianas regras do Supremo Decano. Por causa da rigidez do governo, todos os bebês nascidos no lugar precisam passar pelo crivo dos chamados cognitos, seres com poderes psíquicos capazes de prever o futuro. Caso, nesta visão, seja revelado que o novo cidadão cometerá um crime, sua sentença é a morte. Seppi Devone foi um desses bebês vetados. No entanto, sua mãe, Appia, consegue fugir com ela, livrando-a da cruel sentença. Elas vivem incógnitas numa comunidade no meio da mata e Appia cria sua filha como um garoto. Mas, quando Seppi completa 15 anos, o destino bate à sua porta e a garota terá de enfrentá-lo. Afinal, a adolescente é a única esperança que muitos oprimidos têm de se livrar do mal a que são submetidos pelo Supremo Decano. Irá ela abraçar essa sua missão?

Papo rápido...

Mergulhando Na Leitura: O que os leitores podem esperar desse novo livro?
Ricardo Ragazzo: A minha visão do que seria uma versão caótica de uma Terra futurista. Meus primeiros livros foram histórias recheadas de suspense, enquanto “Cidade Banida” é um livro onde tudo está bem transparente desde o início. Claro que, sendo uma obra minha, não poderia deixar de haver as surpresas e reviravoltas, entretanto, esse livro é sobre uma garota, seu destino e as difíceis escolhas em seu caminho. Muita ação, aventura, criaturas estranhas, perigos e traições aguardam o leitor nessa obra. Espero que o Universo Glimpse e Seppi Devone conquistem todos os leitores.

MNL: Qual foi a inspiração para criar essa história?
RR: Essa história foi inspirada em diversos clássicos que cresci lendo e assistindo. 1984, de George Orwell, Mad Max, Star Wars, Marvel, tudo que os anos de paixão por essas histórias me trouxeram de referência foram colocados, da minha maneira, dentro desse livro.

MNL: Qual o maior desafio de escrever uma distopia?
RR: O maior desafio, sem dúvida alguma, é criar um mundo factível; uma realidade que as pessoas leiam e pensem “Cara, isso aqui realmente poderia acontecer.” O segundo maior desafio é ser original. Muita coisa foi escrita ao longo das últimas décadas, desde 1984 até, recentemente, Jogos Vorazes e Divergente (a rima não foi intencional). Com tudo isso, escrever algo nesse gênero, ainda mais no Brasil onde não há tantas referências nesse universo quanto gostaríamos, torna-se difícil e arriscado. Comparações serão inevitáveis, mas quem leu meus dois primeiros livros já sabe que não tenho problema algum em assumir riscos. Pelo contrário, escrevo para isso.

MNL: Se você pudesse resumir esse livro em três palavras, quais seriam?
RR: Para responder essa pergunta, vou contar uma breve história. Estava na estrada quando recebi um WhatsApp da minha editora com a foto do meu livro que havia acabado de chegar da gráfica. Como minha empolgação era tamanha e não podia escrever na hora, mandei uma mensagem de voz dando alguns gritos e berros. No outro dia, passei na editora para pegar meu exemplar e todos me cumprimentaram pelo áudio. Minha editora percorreu toda a Planeta mostrando minha celebração para as pessoas que trabalham lá. O motivo do sucesso foi algo que eu disse no áudio, uma simples palavra levemente modificada. Por isso, vou usar essa única palavra para resumir esse livro: ANI”FUCKING”MAL!!!


Agradeço a oportunidade. Fica aqui meu abrazzo a todos os seguidores do “Mergulhando na Leitura”. Aos que quiserem me seguir, e saber mais sobre meus livros e eventos, coloco meus contatos abaixo:


Facebook.com/escritorragazzo
Twitter: @ricardoragazzo
Instagram: @ricardoragazzo






2 comentários:

  1. Oi! Parece ser um livro ótimo!
    Eu adoro distopias... =D

    P.S.: Descobri o blog através da resenha de Assassinato do Expresso do Oriente. Resolvi dar uma conferida e acabei adorando!

    http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana Paula.
      Se você adora distopias, anote essa dica.
      Bem-vinda ao blog. Volte sempre!!!

      Excluir

AGORA QUE VOCÊ JÁ MERGULHOU NA LEITURA, DEIXE O SEU COMENTÁRIO. ELE É MUITO IMPORTANTE PARA O CRESCIMENTO DO BLOG. OBRIGADO!!!

Obs.: comentários ofensivos serão deletados.