domingo, 20 de abril de 2014

#Resenha: "O Caminho do Renascer"


Título: O Caminho do Renascer

Autor: José Agenor Sapata

Ano de lançamento: 2013

Editora: Clube de Autores

Nº de páginas: 124



# A história

Tudo começa quando os irmãos Lísias e Miguel são abandonados pelos pais. Todavia, isso não significa que eles tiveram uma infância infeliz. Os dois foram criados pelos avós em uma pequena cidade chamada Terenos e cresceram rodeados de muito amor e carinho. Eram famosos por suas travessuras naquela cidadezinha do interior, mas, acima de tudo, tinham um bom coração.

O tempo passa e um triste acontecimento provoca a separação deles. Miguel deixa muitas coisas para trás, inclusive uma grande paixão, e viaja para a cidade grande em busca de informações sobre o paradeiro de seus pais e de seu irmão, Lísias. Ele também busca um futuro melhor, portanto, começa a estudar e a trabalhar, faz novas amizades e traça novos objetivos de vida.

Graças à sua competência, Miguel consegue uma promoção. Sem saber lidar com o poder, ele se torna um homem arrogante, perdendo assim os amigos que havia conquistado. Simone, o amor da sua vida, também se decepciona com a pessoa em que ele se transformou. Desde que fora embora de Terenos, eles se comunicavam por meio de cartas, mas com o passar do tempo, praticamente perderam o contato um com o outro.

Até que um dia, Miguel leva um choque de realidade e decide recuperar o tempo perdido. Aos poucos, ele luta para reconquistar seus amigos e o amor de Simone. Para isso, ele resgata os valores que havia largado pelo caminho, voltando a agir como o bom e velho Miguel que todos admiravam. Enquanto isso, a esperança de reunir a família, renasce.

# Opinião

O autor nos apresenta a candura de uma infância muito bem vivida em uma pequena cidade do interior. As primeiras páginas do livro convidam o leitor a fazer uma viagem ao passado, através das aventuras e molecagens dos protagonistas. Esse passeio é conduzido por palavras simples, como o próprio ambiente da história exige.

A grande virada acontece quando os irmãos se separam. A partir de então, o tom da narrativa se modifica, acompanhando o drama de Miguel em sua busca por respostas. Já na cidade grande, ele se depara com um mundo diferente do que estava acostumado. O seu primeiro contato com o mar foi bem divertido, mas o autor não transformou o acontecimento em humor pastelão – o que eu aprovei.

A rapidez dos fatos foi um ponto negativo do livro. Senti um pouco de pressa do autor para resolver os conflitos. A parte em que o protagonista se viu sem amigos e sem o grande amor da sua vida, poderia ter sido mais aprofundada, pois foi quando o personagem amadureceu. Acho que essa transição merecia mais páginas.

O Caminho do Renascer é o livro de estreia do autor. Ele é bem curto e traz várias reflexões, além de um sentimento de nostalgia. Eu recomendo a leitura àqueles que gostam de histórias breves, para ler sem compromisso. Bom mergulho! 

2 comentários:

  1. Olá, Ygo!

    ótima resenha, eu não conhecia o autor ou a obra, é muito legal ver autores independentes fazendo sucesso na blogosfera, isso ajuda muito a divulgar o trabalho deles!

    Qualquer hora volto pra dar um mergulho por aqui rs
    abração!

    http://inspirados-oandarilhodotempo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pedro.
      Para mim é uma satisfação poder ajudar na divulgação desses autores.
      Volte mais vezes, mergulhe sempre.
      Abraço!

      Excluir

AGORA QUE VOCÊ JÁ MERGULHOU NA LEITURA, DEIXE O SEU COMENTÁRIO. ELE É MUITO IMPORTANTE PARA O CRESCIMENTO DO BLOG. OBRIGADO!!!

Obs.: comentários ofensivos serão deletados.