domingo, 22 de novembro de 2015

Entrevista com Wilson Mello (Parte I)

Olá, mergulhadores!
Hoje eu venho mostrar a vocês a primeira parte (serão três) da entrevista com o nosso autor parceiro, Wilson Mello. Confiram!

Nome completo – Wilson Melo Cunha

Data de nascimento – 15/08/69

Naturalidade – Monte Carmelo/MG

Grau de formação – Nível superior

Profissão – Escritor


Mergulhando Na Leitura: Wilson, primeiro eu gostaria que fizesse uma rápida apresentação falando sobre você mesmo. Quem é Wilson Mello?
Wilson Mello: Alguém que sente uma grande necessidade de escrever, contar suas histórias. E um grande apreciador de arte de um modo geral.

MNL: Qual foi o momento em que você se deu conta de que levava jeito para escrever?
WM: Já na adolescência. Meu primeiro livro tinha 500 páginas. Na ocasião, eu tinha 15 anos e já queria ser escritor.

MNL: De onde você tira inspiração para desenvolver suas histórias?
WM: Elas surgem naturalmente. A qualquer momento e lugar.

MNL: Quando surge uma ideia para escrever um livro, qual é a primeira coisa que você faz? Explique como é esse processo de criação.
WM: A ideia sempre aparece do final da história. Se eu gostar, eu a escrevo. Meus livros são elaborados de trás para frente, uma vez que eu vejo sempre o final e parto dele para começar a escrever. Então, já determino o tamanho do livro e quando irei terminá-lo de escrever.

MNL: Com qual gênero literário você mais se identifica? Por quê?
WM: Eu gosto mais de ficção. A realidade todos nós já a conhecemos bem. Através da ficção o autor pode ir fundo em qualquer história, uma vez que o importante é deixar a imaginação fluir.

MNL: Você tem preferência por livros únicos ou séries?
WM: Gosto de ambos. O importante é uma boa história.

MNL: Qual foi a sensação de ver a sua primeira obra publicada?
WM: Muita emoção. E isso acontece ainda até hoje. É um filho, no final das contas.

MNL: Aqui no Brasil, quais são as maiores dificuldades para um escritor conseguir espaço no mundo literário?
WM: As grandes editoras não se arriscam e têm seus motivos para isso, em publicar novos autores. É caro publicar no Brasil. E o que elas querem é apenas lucro. Afinal, trata-se de um negócio.

MNL: Como você vê o papel dos blogs literários na divulgação da literatura nacional?
WM: Importantíssimo. Nós, autores, não somos nada sem a ajuda de nossos leitores e amigos blogueiros.

Em breve, vou postar a continuação da entrevista. Sabiam que o autor já bateu vários recordes no mundo literário? Ele vai falar sobre isso na segunda parte. Fiquem ligados! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGORA QUE VOCÊ JÁ MERGULHOU NA LEITURA, DEIXE O SEU COMENTÁRIO. ELE É MUITO IMPORTANTE PARA O CRESCIMENTO DO BLOG. OBRIGADO!!!

Obs.: comentários ofensivos serão deletados.